Prêmio CONIP 2015 e regulamento

O que é o Prêmio CONIP de Excelência?

Trabalhos do Brasil inteiro estarão concorrendo ao 19° Prêmio CONIP de Excelência em Inovação na Gestão Pública, em 2015. Desde 1998, o CONIP premia os melhores projetos que utilizam a tecnologia da informação para a melhoria dos serviços públicos.

O 19º Prêmio Conip de Excelência em Inovação na Gestão Pública tem como objetivo identificar e divulgar as iniciativas de modernização da administração de todas as esferas governamentais, bem como ONG’s e fundações que contribuem para o fortalecimento da cidadania e da gestão pública. Os trabalhos inscritos concorrerão na modalidade Iniciativas de Sucesso. A modalidade Iniciativa de Sucesso é somente para aquelas iniciativas que estão em operação normal e que já possuem resultados para apresentar.

Os trabalhos também serão alocados em categorias de acordo com o seu conteúdo, a critério da Comissão Organizadora.

A avaliação dos trabalhos é feita por especialistas de diversas Universidades brasileiras, de norte a sul do País, que fazem a seleção dos finalistas. A seleção dos trabalhos vencedores é realizada pelo Conselho Consultivo do CONIP, formados por representantes de órgãos públicos, fundações e entidades da sociedade civil, que avaliam dados relevantes como a abrangência e utilidade pública do trabalho, além do desempenho da aplicação.

REGULAMENTO – PRÊMIO

O 19º Prêmio Excelência em Inovação na Gestão Pública, promovido pela organização do 21º Congresso de Inovação e Informática na Gestão Pública – CONIP 2015, vai premiar as melhores iniciativas que utilizam a tecnologia da informação para a melhoria dos serviços públicos. Propostas inovadoras e iniciativas de sucesso de órgãos públicos, ONGs e fundações do setor público podem concorrer ao prêmio se inscrevendo até o dia 12 de junho de 2015.

Objetivos

O 19º Prêmio Conip de Excelência em Inovação na Gestão Pública tem como objetivo:
• Identificar e divulgar iniciativas da modernização da administração pública com a utilização da tecnologia da informação;
• Premiar órgãos públicos, ONGs e Fundações públicas que apresentem caso de sucesso na aplicação da tecnologia da informação em diversos segmentos da área pública e no fortalecimento da cidadania;
• Premiar iniciativas que façam uso da tecnologia da informação para fortalecimento da cidadania;
• Incentivar o desenvolvimento de ideias e projetos que utilizem a tecnologia da informação, contribuindo para a melhoria da cidadania e da gestão pública.

O que pode concorrer?

Somente iniciativas já em funcionamento tanto no âmbito interno, com melhorias nos processos de gestão pública, como no âmbito externo, com iniciativas de prestação de serviços, informações, garantias de direito, transparência e participação, sempre com foco no cidadão. Não podem concorrer ideias, projetos ou iniciativas que não tenham resultados para apresentar.

Quem pode se inscrever?

Qualquer organização pública, ONGs, Fundações do setor público, por meio de um representante, que tenha uma iniciativa implantada e em funcionamento em algum órgão público. É necessário haver concordância do responsável pelo órgão público/instituição onde a iniciativa está sendo aplicada. Deverá ser encaminhada uma declaração do órgão público/instituição quanto à veracidade das informações prestadas, autorizando a participação no Prêmio e apresentação durante o CONIP 2015, com a devida assinatura de um representante legal da organização. Clique aqui para ter acesso ao modelo da declaração.

Avaliação e seleção dos finalistas

A avaliação dos trabalhos é feita por especialistas de diversas universidades brasileiras, de norte a sul do País, com base na qual é feita a seleção dos trabalhos finalistas. Os avaliadores avaliam quesitos relevantes como inovação e ineditismo, a abrangência e utilidade pública do trabalho, além da efetividade da aplicação. Por isso é extremamente importante que o texto submetido no ato da inscrição forneça as informações solicitadas com clareza e objetividade porque elas serão os únicos elementos de avaliação.

Premiação

A escolha dos melhores trabalhos em cada categoria é feita por um júri composto pelos membros do Conselho Consultivo do evento. Todos os trabalhos selecionados para a fase final apresentarão suas experiências para este júri no dia 18 de agosto de 2015 e também em forma de palestras durante o evento.
O resultado do concurso será anunciado no evento CONIP 2015, em um dos dias do evento, durante a Cerimônia de Premiação, na qual são premiados os melhores trabalhos do ano em suas respectivas categorias.
As inscrições dos trabalhos para participar da premiação vão até dia 12 de junho de 2015.

A inscrição ao Prêmio é totalmente gratuita.

Para os finalistas (Apresentadores e Autores) que queiram participar das demais atividades do evento CONIP 2015 haverá um desconto de 50% no valor da inscrição para participação integral.

A Solenidade de Premiação do 19º Prêmio CONIP de Excelência em Inovação na Gestão Pública será realizada durante o evento CONIP 2015, dias 19 e 20 de agosto de 2015, no Hotel Pullman Vila Olímpia São Paulo (Caesar Park Faria Lima), em São Paulo, SP.

PRÊMIO CONIP DE EXCELENCIA 2015 – Calendário. Esteja preparado!

30 de março – Abertura das inscrições dos projetos
12 de junho – Encerramento das inscrições
13 de julho – Anúncio dos finalistas
18 de agosto – Apresentação para o júri
19-20 de agosto – Apresentação no CONIP 2015

Normas para submissão do trabalho

Toda a inscrição deverá necessariamente ser feita por meio da página web apropriada, disponível somente a partir do dia 30 de março no endereço. Clique aqui para abrir o formulário de inscrição.

Para cada trabalho submetido é necessário preencher os dados cadastrais do(s) autor(es) e inserir um Resumo na página web de inscrição de trabalhos. A seguir, o texto do trabalho deverá ser enviado para premio-conip@conipeventos.com.br, como um arquivo em formato PDF, até o dia 12 de junho de 2015. Após essa data, o acesso às inscrições será fechado.

IMPORTANTE:

O texto deverá conter entre 1.500 e 2.500 palavras. Trabalhos que não atenderem a esta exigência não serão considerados. Deve-se evitar figuras e anexos. Mas se forem necessários, todas as figuras e anexos devem ser enviadas em um e-mail separado do texto.

Cada trabalho deve conter obrigatoriamente os seguintes tópicos (Atenção! Trabalhos que não atenderem a esta exigência não serão considerados):

1. Situação-problema ou oportunidade: descrever a situação-problema ou a oportunidade que motivou o desenvolvimento e implantação da iniciativa. A situação pode ser descrita em termos de problemas que foram enfrentados, organizações envolvidas, demandas que foram atendidas, objetivos alcançados ou outras características, que descrevam o contexto social ao qual o trabalho se refere apontando os indicadores mais relevantes do cenário atual.

2. Solução: descrever a solução implementada. O objetivo desse tópico e permitir que seja demonstrada e comprovada a simplicidade, facilidade e compartilhamento como características da inciativa. Esta descrição deve contemplar a arquitetura dos diversos componentes de tecnologia de informação necessários, tais como o sistema de informações, rede, dispositivos de hardware necessários, software e comunicação.

3. Inovação e ineditismo: este tópico é dedicado a mostrar em que pontos a iniciativa se mostra inédita para o ambiente no qual ela se insere. Também devem ser indicada se a iniciativa apresenta inovações no uso da tecnologia da informação nos serviços públicos em geral.

4. Público-alvo: identificar o público diretamente beneficiado pela iniciativa e posteriormente os beneficiados indiretamente.

5. Relevância para o interesse público: mostrar a importância que o aplicativo tem em resolver o problema para o público-alvo beneficiado e quais oportunidades a iniciativa aproveitou.

6. Efetividade: foco no resultado mensurado e na abrangência do público alvo atingido. Deverão ser mostrados de uma forma quantitativa (números, percentuais, valores etc.) os benefícios alcançados que possam indicar uma mudança real e comparativa com a situação anterior a implantação da iniciativa.

7. Facilidade de reprodução: o objetivo desse tópico é registrar o comprometimento da instituição em compartilhar a iniciativa e mostrar com que grau de facilidade tecnológica e financeira a iniciativa pode ser reproduzida por outro órgão ou instituição.

Processo de avaliação

Cada trabalho submetido será avaliado por pelo menos 3 avaliadores das Universidades convidadas, que considerará tão somente o texto submetido de acordo com os tópicos acima descritos. Portanto, quanto mais claro e objetivo em atender os quesitos solicitados for o texto, melhores as condições de avaliação para os avaliadores.

O Conselho Consultivo do Prêmio CONIP de Excelência 2015 definirá quantos trabalhos serão selecionados para a fase final. Os selecionados deverão fazer a apresentação do trabalho para o júri, no dia 18 de agosto, e em forma de palestra durante o evento CONIP 2015, dias 19 e 29 de agosto, em São Paulo.

O Conselho Consultivo escolherá as melhores iniciativas dessa edição do Prêmio entre os trabalhos que se apresentarão durante o evento CONIP 2015. Os melhores trabalhos escolhidos estarão automaticamente concorrendo ao Destaque do Ano do Prêmio CONIP de Excelência, a ser anunciado durante o evento.